terça-feira, 11 de junho de 2013

Dõe, se entregue, só assim realmente estará vivendo!

Dia dos namorados chegando....

E pra variar a maioria das pessoas só refletem nessas datas... 

Estava vendo esse vídeo: 

Muito bom aliás e pensei: "As pessoas são muito intolerantes." É comum ouvir uma pessoa se queixando do parceiro(a) e dizendo coisas do tipo: "Não tolero isso", "Não admito isso" é um festival de "Não's", de gente que quer estar junto, mas não quer ceder e respirar fundo, contar os botões da camisa pra se acalmar e relevar. 

Onde está o amor ao próximo? Na maioria das vezes as pessoas não sabem amar nada exceto a si mesmo, ou só amam desde que isso não signifique abdicar de algum desejo meu, desde que não tire o meu conforto! Mas que tipo de amor é esse? Amar quando tudo é lindo é fácil!!!!

"As pessoas boas merecem o nosso amor... As pessoas ruins precisam dele." (Madre Tereza)

Até o mais egoísta, pérfido e mau precisa de carinho, atenção e saber que existe alguém que o ama, que se preocupa com ele sendo ele como for, aliás acho que os corações só endurecem por excesso de "achar que se está sozinho." 

Aquele que em virtude de muitas mágoas e decepções se convence de que não tem ninguém, acaba por cultivar essa condição em sua vida e consequentemente fica sem ninguém. 

Diante de tudo e por me sentir assim inúmeras vezes (na maioria das vezes pra ser franca), que acho que nenhuma pessoa foi feita da carne pra ser sozinha. Acho que o ser humano foi feito pra viver em dupla. E como o padre diz: "Relacionamento é uma via de mão dupla e não única, é uma troca."

Nenhum comentário: