quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Você realmente já amou uma mulher?



Para realmente amar uma mulher, para entendê-la, você deve conhecê-la por dentro, ouvir cada pensamento, ver cada sonho, e dar-lhe asas quando ela quiser voar, e quando se vir impotente nos braços dela, você saberá que realmente ama uma mulher.

Quando você ama uma mulher, você diz a ela o quanto é desejada.
Quando você ama uma mulher diz a ela que ela é única, porque ela precisa de alguém pra dizer-lhe que vai durar para sempre

Então me diga você realmente, de verdade, já amou uma mulher?

Para realmente amar uma mulher deixe que ela te abrace até você saber como ela precisa ser tocada...
Você tem de respirá-la, tem de sentir seu gosto, até senti-la em seu sangue e quando vir seus futuros filhos nos olhos dela, você saberá que realmente ama uma mulher.

Dê a ela confiança, abrace-a apertado, tenha um pouco de ternura, trate-a direito e ela estará lá cuidando bem de você. É preciso amar sua mulher.

Apenas diga-me, você realmente já amou uma mulher?


"Cada mulher é um mistério a ser desvendado,
mas uma mulher nada esconde do verdadeiro amante"

"Já conheceu uma mulher onde você visse seus futuros filhos nos olhos dela?
E sabe que seu coração finalmente encontrou um lar?
E que sua vida começa com ela e sem ela certamente deve terminar?"

"Só há quatro perguntas de valor na vida:
O que é sagrado?
De que é feito o espírito?
Pelo que vale a pena viver?
E pelo que vale a pena morrer?
A resposta para todas é a mesma:
Somente o Amor..."


 
(Trechos filme Don Juan de Marco)

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A Tempestade

 O Pássaro e o homem têm essências diferentes.
O homem vive à sombra de leis e tradições por ele inventadas;
o pássaro vive segundo a lei universal que faz girar os mundos.

Acreditar é uma coisa; viver conforme o que se acredita é outra.
Muitos falam como o mar, mas vivem como os pântanos.
Muitos levantam a cabeça acima dos montes,
porém sua alma jaz nas trevas das cavernas.

A civilização é uma árvore idosa e carcomida,
cujas flores são a cobiça e o engano e cujos frutos
são a infelicidade e a inquietação.

Deus criou os corpos para serem os templos das almas.
Devemos cuidar desses templos para que sejam
dignos da divindade que neles tem morada.

Procurei a solidão para fugir dos homens, de suas leis,
de suas tradições e de seu ruído.
Os endinheirados pensam que o sol e a lua e as estrelas
levantam-se dos seus cofres e se deitam nos seus bolsos.

Os políticos enchem os olhos dos povos com poeira dourada
e seus ouvidos com falsas promessas.

Os sacerdotes aconselham os outros,
mas não aconselham a si mesmos,
e exigem dos outros o que não exigem de si mesmos.
Vã é a civilização. E tudo o que está nela é vão.
As descobertas e invenções não são mais que brinquedos,
com a mente se divertindo no seu tédio.

Cortar as distâncias, nivelar as montanhas,
vencer os mares, tudo isso não passa de aparências enganadoras,
que não alimentam o coração nem elevam a alma.

Quanto a esses quebra-cabeças, chamados ciências e artes,
nada são senão cadeias douradas com as quais os homens
acorrentam-se, deslumbrados com seu brilho e tilintar.

São os fios da tela que o homem tece desde o inicio do tempo,
sem saber que, quando terminar sua obra, terá construído a prisão
dentro da qual ficará preso.

Uma coisa só merece nosso amor
e nossa dedicação,
uma coisa só...

É o despertar de algo
no fundo dos fundos da alma.
Quem o sente,
não o pode expressar em palavras.
E quem não o sente,
não poderá nunca o conhecer por palavras.
Faço votos para que aprendas a amar as tempestades
em vez de fugir delas.


segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A sumida deu as caras novamente!!

Olá gente!!!

Ando sumida porque minha vida anda um corre corre... masssss, sempre arrumo um tempinho pro blog! :)

O amor bateu à minha porta, e ser feliz anda me consumindo um tempo danado! Oxe, vocês não reparem, o tanto de mistura de sotaques, é que ando tendo um choque de cultura ultimamente.. hehe
Só pra terem uma breve idéia meu noivo (sim estou noiva, na verdade usando aliaça na mão de casada, então sou casada sim, só o casamento que adiamos por motivos profissionais, enfim, como dizia), meu maridinho é mineiro uai, mas mora em SP, porém, ando viajando com ele, então pra terem uma idéia, nesse momento estou sentada no aeroporto internacional de Salvador/Bahia, aguardando meu vôo de retorno ao RS que atrasou. No início desse mês estava em Belo Horizonte, semana que vem vou a SP e em Novembro pra Argentina... Amigas, logo estarei falando mil sotaques e outros idiomas se assim puder! hehehe

Quem acompanha meu blog há mais tempo, deve lembrar de como estava deprimida a alguns meses, e hoje, resolvi postar, mais para comprová-las de que Deus tem um propósito pra nossa vida e que as coisas começam a dar certo quando a pessoa certa entra em nossa vida... Eu realmente achava que não merecia mais ser feliz, e que realmente não seria, mas hoje comprovo que estava muito errada, graças a Deus!

Estou muito feliz com o homem que Deus botou em minha vida, admiro sua personalidade, maneira de encarar a vida, resistência e tudo mais. Ele é exatamente como descrevi em outro texto, homem mesmo!

Quando a gente encontra a pessoa certa, temos certeza do que queremos pra nossa vida...

Bom meninas e meninos, deixo-os novamente, pois parece que o avião do meu vôo pousou já...

Fiquem com Deus...

Com carinho Dani

sábado, 11 de setembro de 2010

Depois da tempestade...



Eu me lembro de uma visitante do blog, que lamentava o relacionamento que vivia. Ela dizia que fazia tudo que estava ao alcance dela para manter o relacionamento aceso, mas o parceiro dela não tinha o mesmo esforço e não demonstrava a menor vontade em manter o relacionamento.

Hoje diria a ela que nós mulheres, temos aceso dentro de nós e ativo uma coisa chamada intuição. Qual de nós nunca viveu uma situação onde tudo parecia errado, onde não nos trazia a menor satisfação, onde sentíamos estar vivendo aquilo mas sem ser o certo, e no entanto, por teimosia continuávamos naquele caminho, quebrando a cara muitas vezes?
Aquele sentimento de que "estamos no caminho errado" é a nossa intuição gritando dentro de nós mesmas! Por isso, hoje diria a minha amiga que lamentava o relacionamento, que se ela está sentindo-se abafada e principalmente, infeliz, com a situação com que vive, é porque com certeza está vivendo no caminho errado!

Se as opções que ela teve não deram certo, é porque o foco dela não está certo. Mudemos o foco!!! 
Quando passamos por um momento desses, e descobrimos quão felizes podemos ser, minhas amigas, lamentamos por não termos feito isso antes!

Sempre que se sentirem infelizes, é porque não é o caminho certo!! Tenham isso como regra e não tentem insistir em uma causa perdida... Acreditem em mim, vale a pena!
Deus nos dá chances pra sermos felizes, a gente precisa ver e depois da tempestade sempre vem o sol...

Beijos a todas!


sábado, 4 de setembro de 2010

TOCANDO EM FRENTE

Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco eu sei
Eu nada sei

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
Ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada
Eu sou
Estrada eu vou

Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora um dia
A gente chega
E o outro vai embora
Cada um de nós
Compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom se ser capaz de ser feliz...


Almir Sater




quinta-feira, 2 de setembro de 2010

FRIEZA

Os teus olhos são frios como as espadas,
E claros como os trágicos punhais,
Têm brilhos cortantes de metais
E fulgores de lâminas geladas.

 
Vejo neles imagens retratadas
De abandonos cruéis e desleais,
Fantásticos desejos irreais,
E todo o oiro e o sol das madrugadas!

 
Mas não te invejo, Amor, essa indif'rença,
Que viver neste mundo sem amar
É pior que ser cego de nascença!

 
Tu invejas a dor que vive em mim!
E quanta vez dirás a soluçar:
"Ah, quem me dera, Irmã, amar assim!...



Florbela Espanca

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Não te invejo, amor, essa tua indiferença...


Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!

Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!

Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!

E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...
Florbela Espanca


sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O Valioso Tempo dos Maduros


"Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para a frente do que já vivi até agora. Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas, onde as primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflamados. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos.
Detesto fazer acareação de desafectos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário-geral do coral.
'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa...
Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade.
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade.
O essencial faz a vida valer a pena.
E para mim, basta o essencial!

Mário de Andrade



terça-feira, 27 de julho de 2010

Pequena troca de idéia

Às vezes a cabeça pensa tanto que parece que nada faz sentido e não existe cronologia ou qualquer tipo de ordem. É como se juntássemos várias imagens abstratas onde nada fizesse sentido e fico com aquela gana insana de organizá-las...
Minha mente sempre foi hiperativa e é por isso que sempre gostei de escrever, pois dessa forma encontrei uma maneira de organizar esse turbilhão de pensamentos. Por ser assim - pensar demais - consigo ver a frente as coisas que irão acontecer e dificilmente me engano. Por ser assim, estou sempre observando as coisas a minha volta, sempre analisando perfis. Eu não sei se a minha mente hiperativa descende da minha desconfiança aguda, ou se minha desconfiança aguda vem da mente hiperativa... só sei que ambas tem ligação direta e é só parar pra observar! Uma pessoa desconfiada necessita analisar o espaço em que habita além do normal, mas devo confessar que essa análise devia ser mais comum do que é. Canso de ver gente caindo de cabeça numa primeira impressão maravilhosa, mas pelo amor de Deus, haja paciência pra tanta ingenuidade!!! Cautela, precaução não é algo que deva ser esquecido...

Vou desabafar algo que habita essa pessoa desconfiada... se eu soubesse que esse blog não é lido por ninguém, que está as moscas, que realmente só eu o leio, eu escreveria todos os dias, textos e textos das minhas angústias, medos, remorsos, enfim, pensamentos que ninguém além de mim sabem que existem, mas que sinto necessidade extrema de dividir muitas vezes.

Às vezes escrevo linhas na empolgação e quando percebo quão me abri demais, volto e deleto.

Tenho uma ânsia de não me mostrar, de me esconder, que eu mesma por vezes me preocupo se um dia essa rocha de gelo bem grossa vai derreter... Eu me preocupo com essa condição em mim e no entanto não consigo ser diferente! Não consigo confiar ao ponto de me mostrar nua e crua, confiança, eis a chave... Sou desconfiada, não confio nas pessoas facilmente, não permito que entrem na minha vida tão rápido.. e me sinto invadida quando o tentam.

Devo ter muitas feridas, cicatrizes, que não permitem dedo intruso... feridas essas as quais esqueci... tenho o hábito inconsciente de esquecer aquilo que me machuca, mas no entanto o vestígio da ferida permanece, o medo de se machucar...

Noto que por mais fria, gélida e rocha que sou, consigo ser mais sensível que os demais. Meio contraditório, mas talvez super plausível e lógico. Uma palavra mais dura, qualquer ato passado despercebido por muitos, pra mim é como um machadada, tamanha a intensidade com que me afeta e logicamente por isso me privo de correr riscos, e por isso essa rocha existe.

Noto qualquer palavra dita sem sinceridade por mais ator(a) que a pessoa seja, percebo um olhar perdido, noto uma alma distante com uma facilidade incrível e talvez por isso a sensibilidade seja maior pra mim, pois vejo as coisas com um olhar mais sensível. E por ser muita intensa e verdadeira com relação àquilo que sinto, não consigo deixar passar despercebido quando noto uma alma distante ou aflita diante de mim...

Minha vida passa e volta... as coisas vão e voltam... como o mundo que gira e uma hora está em cima outra embaixo. Gostaria de entender o que quer dizer tamanha intensidade de pensamentos que voltam e invadem minha mente e sonhos...

terça-feira, 20 de julho de 2010

Dia do Amigo

Dia do amigo...

Graças a Deus tenho meus amigos em volta de mim todos os dias... graças a Deus o tempo passa e nada destrói esses laços, graças a Deus sempre que preciso de companhia tenho um anjo disponível pra me fazer rir, me ouvir, ou simplesmente ficar do lado em silêncio.
Juro que por vezes não me acho merecedora de amigos assim... Não sou a pessoa mais presente do mundo, mas desconfio que eles conseguem ler no meu peito o meu amor em silêncio e me amam de volta.
Muitos de meus amigos não sabem o quanto penso neles, o quanto os amo e necessito deles, mas carrego no meu coração seus rostos, sua alma e essa mera condição faz meus dias felizes.
Espero que esse amor que tenho por cada um deles, de alguma forma se transmuta em uma energia boa que seja direcionada a eles.
Tem tanta gente que é tão importante na minha vida e no entanto nem desconfia disso! Fico feliz por apenas saber que existem, que estão vivos!

Agradeço e só posso agradecer pela consideração, respeito e amor que meus amigos tem por mim. Não tem fofoca, mentira e mal entendido que destrua uma amizade, pois amigo não te julga pela boca dos outros, amigo te conhece.


"Amigo: alguém que sabe de tudo a teu respeito e gosta de ti assim mesmo." (Elbert Hubbard)

"A amizade começa quando, estando juntas, duas pessoas podem permanecer em silêncio sem se sentir constrangidas." (Tyson Gentry)



segunda-feira, 21 de junho de 2010

Para as meninas!!

Meninas attention please!

Qual de vocês nunca se depararam com uma réplica desse tipo de homem:

Ele parece ser um HOMEM, bem resolvido e tudo mais, mas quando você o conhece melhor, e o "fisga", digamos assim, ele se demonstra uma criança! ... Explico!! ...

Ele quer "carinho", que você "cuide" dele, que o "ajude", etc etc. Reparando bem as palavras entre aspas, você já começa a notar a carência materna por detrás do moço! Ele não quer uma mulher, ele quer uma mãe, enfermeira ou derivados...

Aí, com o tempo, ele vai fazendo suas vontades, até que você - quando percebe - já está mandando no dito cujo, sutilmente, é claro.
Exemplo: faz beiço por uma semana se ele resolve jantar ou sair com os amigos, ou ir no futebol, liga atrás de hora em hora pra fiscalizar o rapaz, ou seja, você se sente literalmente DONA dele.
E o rapaz, vai cedendo, afinal ele PRECISA de limites e um pulso firme que o diga como viver, sim caras amigas, exatamente como uma criança!

Aí, com o tempo... talvez, ele se sinta incomodado com tanta pressão! "Pô, mas ela não me deixa nem respirar"! Aí você não entende como que se tornou assim, tão mandona! "Pô querido, você que sempre fez questão de ser dependente de mim até pra comprar um pão na padaria da esquina?"

Pois é, colegas... a vida é assim mesmo. Se você pentelha demais o vivente, você é controladora, se você o deixa livre - deduzindo é claro que ele seja um HOMEM que saiba viver com suas próprias pernas e encéfalo - você não o ama e não se preocupa com ele!

Sabe que sempre deixei livres os homens com quem me relacionei, até porque sempre acreditei que fossem HOMENS e não crianças. Acho que isso demonstra respeito pela inteligência do outro. Agora, se é pra fiscalizar até se meu homem está trabalhando certinho, terei de confessar-lhes uma coisa: pra mim, macheza é fundamental!

Homem pra mim tem que honrar a palavra HOMEM, ocupar realmente seu papel no casal e não querer que eu vista as calças do relacionamento!

Tem mulher que gosta de mandar, controlar a vida do parceiro. Eu não tenho paciência pra cuidar da vida de um marmanjo criado! Uma coisa é preocupação, conversa, como adultos. Outra coisa é ter que fazer beiço pra conseguir o que quer, ligar atrás pra conferir, enfim, vocês mulheres me entendem bem.

Não adianta, pra mim ter que ser HOMEM!

terça-feira, 8 de junho de 2010

Despenteie-se!!!

"Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso engorda, o que é lindo custa caro, o sol que ilumina o teu rosto enruga e o que é realmente bom dessa vida, despenteia...

- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar a pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado, mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.
É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, do que aquela que decide não subir. Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora. O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença: arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria... e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenha que me sentir bonita?
A pessoa mais bonita que posso ser!
O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.

Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:
Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável! Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo...

... deixa a vida te despentear! ...

O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo..."

(Autora desconhecida)




quarta-feira, 2 de junho de 2010

Um centésimo de mim...

A melhor maneira de conquistar amigos, ou melhor, a única é a autenticidade!
Se não fosse assim, teríamos dezenas de Daniele's com risadas iguais, pensamentos iguais e comportamentos idem.

O que te encanta em uma pessoa?

Não é o rosto, o corpo, isso atrai! Encantamento se dá por magnetismo, afinidades, PERSONALIDADE! E é isso que faz de cada um de nós, seres diferentes, não existe ninguém no mundo igual a mim e nem a você!!! Olha que mágico.... olha que coisa que nos torna especial apenas por existirmos!

Sempre que passamos por alguma mudança, vem o sofrimento - porque NÃO EXISTE mudança sem dor - e algumas pessoas, felizmente, usam esses momentos pra se conhecerem, afinal, muitas vezes vivemos uma vida inteira e percebemos que não nos conhecemos.
Sempre fui adepta da autoavaliação, sempre acreditei que uma situação ruim NUNCA é culpa de uma pessoa só, sempre acreditei no bom senso das pessoas e consequentemente em seu discernimento e inteligência, e graças ao meu bom Deus, jamais deixarei de ser otimista por natureza!
Sou uma pessoa que NECESSITO de alegria na minha vida, risadas, bagunça, calmaria não faz meu estilo... me imagino uma mãe que brinca de videogame com o filho e uma vó que tenta acompanhar todas as loucuras!
Quando vivo cercada de desânimo, tristeza, repenso minha vida e tomo como meta a mudança. Não tenho medo de mudar! Não tenho medo de tentar, eu sou a autora dessa peça, posso criar personagens a hora que quiser, posso destruí-los a hora que bem entender e posso mudar o roteiro como achar certo. Claro, não meto as pessoas nessa loucura como se fossem minhas marionetes, mas internamente todo esse agito acontece em mim.
Apesar de tudo isso, sou muito séria e reflexiva, e é SÓ por ser assim que me conheço mais dia após dia. Do contrário, seria apenas mais uma que arruma culpados para os erros da própria vida, tudo isso, justamente por não conhecer meus defeitos e fraquezas. Afinal quem é que dá os méritos de suas conquistas aos outros??? Não, a eles só cabem nossos erros...
Não tenho vocação pra vítima, você jamais me verá culpar o outro pelo fracasso de minha vida - se assim for - jamais me verá tentar conquistar alguém através da pena... Acho isso apelativo e indigno. Qualquer pessoa, por pior que seja, tem vários atrativos para conquistar alguém, não sendo estes a piedade.
Quando erro, eu admito! Não sei mentir, não sei atuar, e não sei fingir que está tudo bem quando não está. Por isso, se me vires cabisbaixo, saberás que estou triste, mas se me vires rindo saberás que estou feliz! Não tenho a vocação de usar as pessoas pra satisfazer minhas carências, pois não tenho o direito de brincar com a vida delas dessa forma, até porque aqui se faz e aqui se paga, posso um dia ser eu a vítima disso. ;)
Na realidade sou mais fácil de lidar do que eu mesma suponho.

É verdade, o tempo que passou, paciência, não volta mais... assim como os planos deixados no passado, as pessoas, as oportunidades... tem coisas que simplesmente não tem volta...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Quase sem querer


"Tenho andado distraído
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso
Só que agora é diferente
Estou tão tranqüilo
E tão contente...

Quantas chances desperdicei
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira

Mas não sou mais tão criança a ponto de saber tudo...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu vejo
O mesmo que você...

Tão correto e tão bonito
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos
Sei que às vezes uso
Palavras repetidas
Mas quais são as palavras
Que nunca são ditas?

Me disseram que você
Estava chorando
E foi então que eu percebi
Como lhe quero tanto...

Já não me preocupo
Se eu não sei por que
Às vezes o que eu vejo
Quase ninguém vê

E eu sei que você sabe
Quase sem querer
Que eu quero
O mesmo que você..."



domingo, 25 de abril de 2010

O Desafio de Amar

"Por que será que esperamos tão pouco de nós mesmos, mas estabelecemos padrões tão elevados para o nosso cônjuge? A resposta é difícil de engolir. Somos todos egoístas.
Quando um marido coloca os seus interesses, desejos e prioridades à frente de sua esposa é sinal de egoísmo. Quando uma esposa reclama constantemente sobre o tempo e a energia gastos
em suprir as necessidades de seu marido, é sinal de egoísmo.
Mas o amor "não busca os seus próprios interesses" (1 Coríntios 13:5). Os casais apaixonados - aqueles que vivem o pleno propósito do casamento - são inclinados a cuidar bem do outro ser humano, falho, que eles escolheram para compartilhar a vida. É por isso que o amor
verdadeiro busca maneiras de dizer "sim".
Um aspecto irônico do egoísmo é que mesmo as ações generosas podem ser egoístas se o objetivo for vangloriar-se ou receber alguma recompensa. Se você faz algo, ainda que bom, para manipular seu marido ou sua esposa, você ainda está sendo egoísta. Na verdade, o ponto principal é a sua decisão entre amar os outros ou amar a si mesmo.

O amor não se satisfaz senão na felicidade do outro. Você não pode agir com amor e ao mesmo tempo com egoísmo. Escolher amar o seu marido ou a sua esposa lhe levará a dizer "não" aos seus desejos, para que você diga "sim" à necessidade do outro. Isso é colocar a felicidade do seu (sua) companheiro (a) acima da sua própria vontade. Não significa que você nunca vai experimentar a felicidade, mas significa que você não negará a felicidade do seu cônjuge para vivê-la você mesmo.

O amor também leva a uma alegria interior. Quando você prioriza o bem-estar do seu cônjuge, uma satisfação interior, que não pode ser adquirida através de ações egoístas, nasce dentro de você. Esse é um benefício criado por Deus e reservado para aqueles que verdadeiramente demonstram amor. A verdade é, quando você renuncia aos seus interesses em benefício do seu marido ou da sua esposa, você tem a chance de se sacrificar pelo propósito maior do casamento.
Ninguém lhe conhece tão bem como o seu cônjuge. E isso significa que ninguém reconhecerá tão rápido a mudança, quando você começar a sacrificar, deliberadamente, os seus desejos e vontades para se assegurar de que os desejos dele estão sendo satisfeitos. Se você acha difícil
sacrificar seus próprios desejos para beneficiar seu cônjuge, então você tem um problema mais profundo com o egoísmo do que imagina.

Goste ou não, você tem uma reputação aos olhos das pessoas que estão ao seu redor, especialmente aos olhos do seu cônjuge. Mas essa é uma reputação amorosa? Lembre-se, o (a) seu (sua) companheiro (a) também tem o desafio de amar uma pessoa egoísta. Então, seja o
primeiro a demonstrar amor verdadeiro, com os seus olhos bem abertos. E quando tudo for dito e feito, ambos se sentirão mais satisfeitos.

"Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considere os outros superiores a si mesmos" (Filipenses 2:3)."


(Trecho do livro "O Desafio de Amar" apresentado no filme "À Prova de Fogo")


sexta-feira, 9 de abril de 2010

Surpreendendo-me!!!


Às vezes quando tudo parece perdido, quando parece que nossa vida foi invadida por dilúvio, quando parecem que nos arrancam das mãos a felicidade, acontecem pequenas coisas que mudam nossa visão e acabamos percebendo que temos mais força do que supunhamos e mais motivos pra sorrir do que antes achávamos ter!

É... simples assim... A felicidade é fácil de se possuir, só que muitas vezes pra não dizer quase sempre no meu caso, não nos permitimos ser feliz, não abrimos os olhos e ouvidos pra perceber quão lindo e apaixonante pode ser nossa vida!
Como diz meu pai: "Às vezes Deus fecha uma porta, e ficamos parados diante dela, lamentando por ela ter fechado por tanto tempo e com tanta intensidade, que deixamos de ver a enorme janela cheia de luz que está escancarada ao nosso lado, simplesmente por não olhar para o lado."

Ninguém diz que é fácil e não é... Quem disser que é fácil mente para os outros e para si mesmo principalmente! Mas podemos torná-lo menos sofrido se apenas nos permitirmos ser feliz...

É isso aí... eu me permito!

"Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos

Mesmo sem se sentir

E não há tempo que volte amor

Vamos viver tudo o que há pra viver

Vamos nos permitir..."


E a gente se engana quando pensa que não vai sorrir outra vez...


quinta-feira, 8 de abril de 2010

E a história se repete...


Libertação

"Quanto tempo leva para "digerirmos" o término de um relacionamento? Quando falo em digerir, digo realmente arrancar do corpo qualquer vestígio do outro. Arrancar o cheiro, a lembrança do jeito, do corpo. Esquecer das mãos, dos toques pessoais, esquecer dos detalhes do corpo, pêlos, pele quente, cabelo, respiração, saliva, sabor e tudo mais que é impossível de se imitar, de encontrar igual em outro que não seja o original.
Por mais que de início isso pareça um tanto carnal demais, eu encaro como a falta mais sincera, pois momentos bons são passíveis de repetições, risadas também se repetem, beijos também, mas o corpo, os sinais que só o corpo pode mostrar, sem mentiras, sem fingimento, isso sim é único e incomparável. O corpo não mente, ele mostra descaradamente aquilo que não falamos e queremos esconder. O corpo grita nossos sentimentos e sensações que aflitamente abafamos.
Qual o prazo normal para arrancarmos essas lembranças da nossa mente? Depois de quantos dias essas lembranças e sensações deixam de habitar nossos sonhos nos deixando com o peito apertado e com uma angústia constante e teimosa ao acordar?
Achei que as coisas seriam fáceis... conhecia muito bem a teoria... mas acabei traída pelo meu corpo, pela minha mente que se liberta no único momento em que não a domino... meus sonhos."

Texto escrito e publicado por mim em 19/12/2007.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Sonho pra mim

Hoje lendo o blog "Sonhos de Luciana" da novela Viver a Vida, li esse post e resolvi postá-lo aqui também...

Estou enfrentando fim de relacionamento, fim daqueles tumultuados e toda essa situação que estou vivendo tem me ferido muito, são decepções, brigas, ofensas, pauladas e mais pauladas.. Sabe aquela sensação de estar oco por dentro? Há tanto tempo que não sei mais o que é um carinho, uma atenção, afeto... Hoje noto que um simples abraço me enche os olhos de lágrima...
Me sinto frágil, suscetível, carente, criança...

Esse post da personagem Luciana resume o que sonho pra mim:

"Dormi e acordei pensando no Miguel (não disse que ia voltar a falar dele?). Sabe que ainda não estou acreditando que tudo isso seja mesmo real? É sério. Início de relacionamento sempre nos traz um pouco de insegurança. Não sabemos ao certo onde estamos pisando, para onde vamos, onde vai dar essa história… Sinto vontade de ficar com o Miguel para sempre. Ele é o homem da minha vida. Nunca tive essa certeza com nenhum outro. O Miguel me dá força, sorte, confiança. Ele vibra comigo, torce por mim, aposta em nós dois. E eu quero meu destino entrelaçado ao dele pelo resto dos meus dias… Cada vez que o escuto dizer meu nome, tenho certeza de que tudo nessa vida vale a pena.


“Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.”

Vinícius de Moraes"


terça-feira, 23 de março de 2010

Desejo...


“Que você tenha tranquilidade para viver, que o dinheiro venha como resposta saudável do trabalho que o faz acordar cedo todos os dias, que suas apostas não sejam no outro mas em você mesmo, que a sua felicidade dependa do que você fizer e não do que fizerem com você, que domingos sejam mais do que churrascos gordurosos, que milagres aconteçam quando você pedir com fé, que ninguém mude sua vida sem que você consinta, que seus vizinhos gostem de boa música. E, acima de tudo, que você seja muito feliz com a futura pessoa na qual está se transformando.”


Lou Bertoni

terça-feira, 9 de março de 2010

Quando as máscaras caem...


"A falsidade é suscetível de uma infinidade de combinações; mas a verdade só tem uma maneira de ser." (Jean-Jacques Rousseau)

"Que formosa aparência tem a falsidade." (William Shakespeare)

"O falso amigo e a sombra só nos acompanham quando o sol brilha." (Benjamin Franklin)

"A verdadeira glória lança raízes e até se multiplica; tudo que é falso, dura pouco, como as florezinhas; e nada fingido pode ser duradouro." (Cícero)

"Falsos e hipócritas são aqueles que tudo fazem com palavras, mas na realidade nada fazem." (Demócrito)

"As pessoas direitas são guiadas pela honestidade. A maldade dos falsos é a sua própria desgraça." (Rei Salomão)

"A verdade não pode vir do falso." (Cícero)
__________________________________________________________________________________________________

Quando as máscaras caem, ficamos em carne viva, não temos mais pele, ficamos expostos a tudo, fracos e suscetíveis!
A máscara serve pra fazer tudo que temos vontade, tudo que é dito proibido, tudo que é errado. E depois de fazermos tudo isso sem nenhuma culpa, pegamos a máscara da inocência do armário e a vestimos, e tudo fica bem!
Quando ficamos tristes sem poder demonstrar, ou sem querer demonstrar, vestidos a máscara da falsa alegria...
Quando estamos com orgulho ferido, com nó no coração e coração partido, vestimos a máscara da indiferença, do poder e luxúria!
E quando estamos apaixonados, sem poder... daí vem a máscara da soberba, da luxúria, do orgulho, aquela máscara que pisa nas pessoas e tenta ferir o ser que amamos...

Usamos várias máscaras todos os dias, diversas máscaras durante nossas vidas...
As usamos e criticamos aqueles que fazem tudo e dispensam as máscaras, os chamamos de tudo que nossa máscara nos permite dizer... e quando a nossa máscara cai, e temos que admitir sermos PIORES do que aqueles autênticos, daí o nosso mundo cai!

O ser humano não se permite ser "carne viva". Não permite se mostrar de maneira nua e crua, e não consegue resistir aos pecados... por isso usa as máscaras.

Se fôssemos 100% verdadeiros, se nossas palavras fossem condizentes com nossos atos, se vivêssemos sem nos preocupar com o julgamento dos outros, esse mundo seria muito mais verdadeiro e menos hipócrita!

Quando as máscaras caem conhecemos finalmente o ser por detrás dela...



quinta-feira, 4 de março de 2010

Sem Amor eu nada seria...


Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse Amor, seria como o metal que soa

ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom da profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse Amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, s

e não tivesse Amor, nada disso me aproveitaria.


O Amor é paciente, é benigno; o Amor não é invejoso, não trata com leviandade, não se ensoberbece, não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade.

Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor nunca falha.


Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três... mas o maior destes é o Amor...


domingo, 21 de fevereiro de 2010

Independência


Quando aprendemos a viver sem ter alguém por nós, sem o amor de alguém dedicado a nós, acabamos nos dedicando à independência absoluta. Independência financeira vira meta, independência pessoal, familiar, tudo é meta e a solução acabou sendo a arte de viver sozinho. A necessidade de não "precisar" de ninguém é primeira exigência.


Quando somos assim, não temos paciência com aqueles que querem invadir nosso espaço, seja ele, nosso coração. Se fosse possível, viveríamos em uma caverna bem abastecida de mantimentos para que não corrêssemos o risco de cruzar com algum semelhante que se propusesse a quebrar aquela rocha firme e concreta que chamamos de independência.


O excesso de desejo de independência é a necessidade ardente de não precisar de ninguém para nada, queremos ser auto-suficientes para tudo que existe em duplicidade no planeta, se pudéssemos nasceríamos sem ter precisado de pais.


É a lei da sobrevivência... aprendemos desde cedo que não temos ninguém e com o passar do tempo e a consciência da idade adulta, nos condicionamos a não precisar de ninguém...


E chamamos de mimados aqueles que tem ou tiveram alguém que fizesse o café da manhã deles na infância por exemplo, o almoço, ou então apenas que ligasse para saber se a pessoa se alimentou direito durante o dia.


Enfim, invejamos e chamamos de fracos aqueles que diferente de nós, souberam o que é ter alguém e cuidados.



Não podemos gostar e fazer aquilo que desconhecemos...



sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Adoro Férias!!


Mais dois dias de trabalho e... férias!!!!
Estou me preparando emocionalmente pra minha viagem de férias.

Eu, uma prima e mais 4 amigas, vamos fazer um Cruzeiro Marítimo pela orla brasileira. Vamos desembarcar No RJ, Salvador e Búzios. Além do que o próprio navio já valeria toda a viagem!

Olhem as fotinhos dele:

;)