segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

"Há dias em que a solidão é um vinho que nos embriaga de liberdade; há outros em que é um tônico ácido e amargo; e há ainda outros em que é um veneno que nos faz bater a cabeça na parede."

(Autor desconhecido)


"É claro que foi importante para mim toda aquela experiência intelectual. Mas eu diria que fui salvo pela mulher."

(Vinícius de Moraes)

Nenhum comentário: