quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Porque romantismo nunca está fora de moda... não pra mim!

** Abriu minha visão o jeito que o amor tocando o pé no chão alcança as estrelas. Tem poder de mover as montanhas. Quando quer acontecer, derruba as barreiras...
Para o amor não existem fronteiras, tem a presa quando quer, não tem hora de chegar e não vai embora.
Chamou minha atenção a força do amor, que é livre pra voar, durar para sempre, quer voar, navegar outros mares. Dá um tempo sem se ver, mas não se separa. A saudade vem, quando vê não tem volta. Mesmo quando eu quis morrer, de ciúme de você, você me fez falta... **


** Sempre depois das brigas nós nos amamos muito. Dia e noite a sós, o universo era pouco pra nós. O que aconteceu pra você partir assim?
Se te fiz algo errado, Perdão, volta pra mim. Essa paixão é meu mundo, um sentimento profundo. Sonho acordado um segundo que você vai ligar. O telefone que toca, eu digo alô sem resposta, mas não desliga, escuta o que eu vou te falar: Eu te amo e vou gritar pra todo mundo ouvir. Ter você é meu desejo de viver, sou menino e teu amor
é que me faz crescer e me entrego, corpo e alma pra você. **


to be continue

Nenhum comentário: