sexta-feira, 30 de março de 2007

Álibi

Quem ainda ousa mentir?(Ou seria quem não mente?) E pior, quem ainda justifica uma mentira? Ora, não devemos dizer somente a verdade? Não é isso que nos ensinam de pequenos?!
A mentira sempre foi uma fuga, desde os tempos de Cleópatra até hoje, afinal Júlio Cezar não mentiu amar Cleópatra apenas para apossar-se do Egito? Certamente era para um bem comum (o de Roma). E se é para um bem comum, então vale; é o que pensa Platão: “Em outras situações, a mentira diminui e macula a alma. Mas ela é permitida quando proferida no interesse do Estado”. Interessante, é só convencer que é para um bem comum e teremos um excelente álibi pra mentir por aí! Certamente Hittler pensava o mesmo, ele até dizia que uma mentira dita cem vezes torna-se verdade (meio ousado).
Vivemos num mundo de mentira, às vezes lutamos por um objetivo falso, mentiroso. Guerras aconteceram baseadas em mentiras, Hittler dizia querer vingar a Alemanha. Na verdade, queria vingar seu próprio fracasso, queria ser superior, nem que fosse pela raça. Os políticos que prometem mundos e fundos nos palanques, apenas para convencer o povo de que são sinceros e poder embolsar milhões às nossas custas e de quebra posar de heróis por aí.
O que faz uma pessoa mentir? A covardia, o medo... Medo da repressão, do fracasso, da verdade...
Encarar a verdade é difícil, acredite.
Encarar a mentira é confortante, é cômodo, é a vida...

6 comentários:

Anônimo disse...

Profundo :)
Gostei

Leo Camargo disse...

Mentir, todo mundo mente. Mas como tudo na vida ela se diferencia por ser saudável ou nociva e constante ou esporádica. As mentiras saudáveis e esporádicas fazem bem a nós e a outros. Pra que se preocupar ou preocupar alguém por algo irrelevante?

É como dizer a uma criança que Papai Noel existe e que ele trará presentes se elas se comportarem bem. Todo esse ambiente e magia criados por causa dessa mentirinha agrada a todos nós. E nós mesmos acabamos nos envolvendo.

Mas claro que algumas pessoas abusam da "ética" da mentira. Aí é como você disse, fica tudo muito mais fácil. Covardes...

Beijao!
Leo Camargo

Lindinha_PGTI disse...

Migaa cada dia que passa me surpreendo mais com você!! Eu conheço um pouquinho de seus maravilhosos texto! Continue escrevendo que você ira ajudar muitos pessoas com essas lindas palavras! Beijos da sua fã numero 1!! Gabi!

Daniele Buzatta disse...

Gabi: Aiiii!!! Assim me derreto!!

Léo: Hoje dizer que ninguém mente é piada! Mas é como tu disseste, o problema está quando a mentira passa a ser nociva! Bom seria se pudéssemos dizer somente a verdade sempre, mas nem sempre é possível!

Beijos mano

Anônimo: Obrigada! :)

Malvada disse...

Oi querida...espero que vc entenda minhas raras aparições nos blogues...por isso demorei para comentar aqui e mesmo te linkar..mas já tinha lido o teu blog outras vezes.

Sobre a mentira, tem alguém que diz que "a mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer". Bem...talvez a mentira seja algo menor do que a gente pense. Talvez os sentimentos por trás dela é que vão dar seu verdadeiro valor. Não estou dizendo que os fins justificam os meios, não é isso...mas hoje, tem coisa muito pior no ser humano que a mentira, que a farsa. As pessoas são cruéis, são alienadas, são medíocres...e é isso que rege o resto. Ou seja, a mentira é apenas uma ferramenta a serviço de um sentimento, que pode ser ruim ou bom. Meu deus...hehehehe...acho que preciso do meu gardenal!

Daniele Buzatta disse...

Oi Malvada!! Sem stress pela demora.... tô sabendo que andas a mil! rsss